Participe de nossas redes sociais:
siga o EncontraMA no Facebook
siga o EncontraMA no twitter
participe da página EncontraMA no Google+


Quem nunca ouviu falar ou viu fotos dos Lençóis Manhanhenses, o único deserto com águas cristalinas do mundo, que atrai pessoas de todo o país. O Maranhão possui a maior diversidade de ecossistemas do mundo, e uma cultura muito rica.


 
Nasceu em 2008 o maranhense Encontra Maranhão com a missão de ser o maior Guia de Bairros e cidades do Maranhão
Todos os bairros de São Luís e cidades MA
“ aqui Maranhense Encontra ”

Sobre o estado do Maranhão (MA)

O Maranhão é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está localizado no oeste da região Nordeste e tem como limites o Oceano Atlântico (N), o Piauí (L), Tocantins (S e SO) e o Pará (O). Um pouco maior que a Itália e um pouco menor que a Alemanha, o Estado ocupa uma área de 331.983,293 km², sendo o 2º maior Estado em extensão do Nordeste e o 8º do País. É o 4º Estado mais rico (PIB) do Nordeste e a 16ª maior economia (PIB) do Brasil. É rico em poetas e escritores no país, considerado desde o século XIX até os dias de hoje o maior em quantidade desses intelectuais.

Localizado entre as regiões Norte e Nordeste, o Estado do Maranhão tem o privilégio de possuir, devido a exuberante mistura de aspectos da geografia, a maior diversidade de ecossistemas de todo o País. São 640 quilômetros de extensão de praias tropicais, floresta Amazônica, cerrados, mangues, delta em mar aberto e o único deserto do mundo com milhares de lagoas de águas cristalinas. Essa diversidade está organizada em cinco pólos turísticos, cada um com seus atrativos naturais, culturais e arquitetônicos, muitos ainda por serem descobertos. São eles: O Pólo turistico de São Luís, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, O Parque Nacional da Chapada das Mesas, O Delta do Parnaíba e o Pólo da Floresta dos Guarás.

Sua capital é São Luís e outros importantes municípios são Imperatriz, Caxias, Timon, Codó, Santa Inês, Bacabal, Balsas, Pedreiras, e Barra do Corda, além de outras cidades da Região Metropolitana do Sudoeste Maranhense como Açailândia, que possui o segundo PIB do estado.

Etimologia

No contexto da história do Brasil, o nome deriva dos tempos coloniais em que o Brasil esteve dividido entre apenas duas entidades administrativas: o Estado do Maranhão, ao norte, e o Estado do Brasil, ao sul. Com o fracionamento do antigo Estado do Maranhão-Grão Pará, formou-se a capitania e logo província do Maranhão, que até então incluía o território do hoje vizinho Estado do Piauí.

História

A origem do Maranhão tem por base a luta entre povos, a luta pelo território. No ano do descobrimento do Brasil, os espanhóis foram os primeiros europeus a chegarem à região onde hoje se encontra o Maranhão. Somente trinta e cinco anos depois, que os portugueses tentaram ocupar o território, sem êxito. E a partir disso, em 1612, os franceses ocuparam definitivamente o Maranhão, originando a França Equinocial. A ocupação foi num cenário de lutas e tréguas entre portugueses e franceses durante três anos e, no ano de 1615, os franceses retomaram definitivamente a colônia.

A história do Estado do Maranhão é dividida nos seguintes períodos e marcos históricos:

- Início da colonização do território maranhense
- Ocupação holandesa
- Revolta de Beckman
- Marquês de Pombal e o Maranhão
- Adesão do Maranhão à independência do Brasil
- A Balaiada

Geografia

O oeste maranhense está dentro da área de atuação do clima equatorial com médias pluviométricas e térmicas altas. Já na maior parte do Estado, se manifesta o clima tropical com chuvas distribuídas nos primeiros meses do ano, mas o estado não sofre com períodos de seca.

Do ponto de vista ecológico, o Maranhão apresenta uma grande diversidade de espécies de plantas e animais. Na região oeste do estado estão demarcados de 300 mil hectares de terra referentes à Reserva Biológica do Gurupi, que é o que restou da floresta amazônica no Maranhão.

Lençóis Maranhenses no Maranhão
Os Lençóis Maranhenses
  • Amazônica: Predominante no oeste do Estado e encontra-se muito devastada em consequência das siderúrgicas de ferro gusa .
  • Mata de Cocais: Mata característica do Maranhão onde predomina o babaçu e carnaúba. Cobre a parte central do Estado.
  • Campos: Próxima ao Golfão Maranhense, tem como característica vegetação herbácia alagável pelos rios e lagos da Baixada Maranhense.
  • Mangues: Predominam no litoral maranhense desde a foz do Gurupi até a foz do Periá.
  • Cerrado: vegetação predominante no Estado do Maranhão. Formada por árvores de porte médio e vegetação rasteira.
  • O Estado do Maranhão possui o segundo maior litoral do Brasil com 640 km de extensão, indo desde o Delta do rio Parnaíba até a foz do rio Gurupi. Ao longo de sua extensão, podem ser encontradas diversas praias além de regiões de mangues.
  • Rios limítrofes: Tocantins, Gurupi, Parnaíba e Manuel Alves Grande.
  • Rios que nascem e deságuam em território maranhense: Mearim, Pindaré,Turiaçu, Itapecuru, Munim e Grajaú.
Mata dos Cocais no Maranhão
Mata dos Cocais no Maranhão.

    Relevo

    Com altitudes reduzidas e topografia regular, apresenta um relevo modesto, com cerca de 90% da superfície abaixo dos 300 metros. Apresenta duas regiões distintas: a planície litorânea e o planalto tabular.

    Economia

    No Setor primário a agricultura e a pecuária são atividades importantes, além da pesca, que lhe dá a liderança na produção de pescado artesanal do país. Afinal, o estado possui 640 km de litoral, o segundo maior do Brasil, que fornece produtos bastante utilizados na culinária regional, como o camarão, caranguejo e sururu. O Maranhão aumentou a produção de grãos, em 2000, e teve significativo crescimento industrial, de acordo com a Sudene. Apesar disso, o estado está entre os mais pobres do país.

    Referente ao Setor terciário, o Maranhão, por ser localizado em um bioma de transição entre o sertão nordestino e a Amazônia, apresenta ao visitante uma mescla de ecossistemas somente comparada, no Brasil, com a do Pantanal Mato-Grossense. Possui mais de 640 km de litoral, sendo, portanto, o estado com o 2º maior litoral brasileiro, superado apenas pela Bahia. O turismo praticado nele pode ser classificado em 2 tipos: turismo ecológico e turismo cultural/religioso.

    Demografia

    Indicadores sociais

    O Estado do Maranhão é um dos estados mais pobres do Brasil, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) igual a 0,683, comparável ao do Brasil em 1980 e superior apenas ao de Alagoas na lista dos estados brasileiros por IDH. O estado possui a segunda pior expectativa de vida do Brasil, também superior apenas à de Alagoas.

    Segundo o livro Honoráveis Bandidos, a família Sarney, através do seu envolvimento na política, fez com que o estado empobrecesse e as pessoas migrassem da região.

    Educação

    De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 2009, o Maranhão possui o maior número de crianças entre oito e nove anos de idade analfabetas. Quase 40% das crianças do estado nessa faixa etária não sabem ler e escrever, enquanto que a média nacional é de apenas 11,5%.

    Resultados no ENEM
    Ano Português Redação
    2006
    Média
    31,35 (24º)
    36,90
    48,93 (22º)
    52,08
    2007
    Média
    45,15 (21º)
    51,52
    54,84 (16º)
    55,99
    2008
    Média
    35,62 (21º)
    41,69
    57,99 (17º)
    59,35

     

     

     

     

     


    Etnias

    O Estado do Maranhão é um dos estados mais miscigenados do país, o que pode ser demonstrado pelo número de 68,8% de pardos auto-declarados ao IBGE, resultado da grande concentração de escravos indígenas e africanos nas lavouras de cana-de-açúcar, arroz e algodão; os grupos indígenas remanescentes e predominantes são dos grupos linguísticos Jê e Tupi.

    Raça Porcentagem
    Branca 24,9%
    Negra 5,5%
    Parda 68,8%%
    Indígena 0,7%
    Fonte: PNAD

    Cultura

    Pontos turísticos

    Na capital maranhense, patrimônio cultural da humanidade, encontramos a maior parte dos valores históricos do Estado preservado, em museus. Com mais de 3500 imóveis dos séculos XVIII e XIX, é referência no Brasil de aristocracia portuguesa, que ainda podemos ver instalada nas fachadas das casas do Centro Histórico de São Luís. A uma hora de barco, saindo da capital, podemos encontrar Alcântara, outro ponto de referência histórico/arquitetônico do estado.

     

Índice

Dados

Gentílico maranhense

Bandeira do Maranhão
(Bandeira)

Brasão do Maranhão
(Brasão)

Localização

Região Nordeste
Estados limítrofes: Piauí, Tocantins e Pará
Mesorregiões: 5
Microrregiões: 21
Municípios: 217

Capital

São Luís

Governo (2011 a 2014)

Governador Roseana Sarney (PMDB)
Vice-Governador Washington Luiz de Oliveira (PT)
Deputados Federais: 18
Deputados Estaduais: 42
Senadores:Edison Lobão Filho (PMDB), Epitácio Cafeteira (PTB), Mauro Fecury (PMDB)

Indicadores (2008)

Esper. de vida 68,0 anos (26º)
Mort. Infantil 37,9‰ nasc. (26º)
Analfabetismo 19,5% (23º)
IDH 0,683 (26º) - médio - 2005

Características geográficas

Área 331 983,293 km² (8º)
População
6 367 138 hab. (10º) (2009)
Densidade
19,18 hab./km² (16º)
Altitude
média de 300 metros
Clima
tropical (Af/Aw)
Fuso horário UTC-3

Economia (2007)

PIB R$28.621.860 (16º)
PIB per capita R$4.628 (26º)

Site do governo

www.ma.gov.br

Classificados Maranhão





 

Conheça a atuação do EncontraBrasil nos estados brasileiros
Mapa do Brasil
- Acre - Maranhão - Rio de Janeiro
- Alagoas - Mato Grosso - Rio Grande do Norte
- Amapá - Mato Grosso do Sul - Rio Grande do Sul
- Amazonas - Minas Gerais - Rondônia
- Bahia - Pará - Roraima
- Ceará - Paraíba - Santa Catarina
- Distrito Federal - Paraná - São Paulo
- Espírito Santo - Pernambuco - Sergipe
- Goiás - Piauí - Tocantins

Para anunciar, ligue (11) 3731-5468 / 99706-8881